AMTU web

 


buzumFlor

Ex-prefeito saiu em defesa da tarifa zero em Poços

O ex-prefeito e ex-vereador Paulo Tadeu, em vídeo divulgado em sua página nas redes sociais, defendeu a implantação da tarifa zero no transporte coletivo, que seria subsidiado pela Prefeitura. Tomando como exemplo a cidade de São Caetano/SP, com população um pouco menor que Poços de Caldas, que implantou a tarifa zero a um custo anual de R$ 35 milhões, equivalente a 1,5% do seu orçamento, Paulo Tadeu disse que aqui, se considerando o orçamento que a empresa concessionária somou no ano passado, teríamos um custo da ordem de R$ 44 milhões.

"Existem outros estudos que devem ser feitos, sobretudo para apurar efetivamente o número de passageiros que pagam e são transportados. Se considerarmos esses R$ 44 milhões, onde já estão incluídos o lucro da empresa, estamos falando em torno de 3% do orçamento da prefeitura. Do orçamento real, não dessa falta de seriedade de orçamento de R$ 1,7 bilhão, quando no ano passado não se apurou nem 80% disso, eu estou fazendo um cálculo de um orçamento real", afirmou Paulo Tadeu. Para ele, a tarifa zero, com ônibus de graça é um imperativo social, imperativo de mobilidade urbana, uma necessidade urgente e que defende sua implantação.

A volta dos aguapés

Mais uma vez os aguapés começaram a tomar conta da Represa Bortolan e devem se proliferar ainda mais, caso não se tome providências. Em 2021, depois de muita repercussão em torno da proliferação dos aguapés na represa, a prefeitura criou uma comissão para discutir e resolver o problema. Na ocasião, foi alugada uma máquina e feita a retirada parcial de parte dos aguapés, a outra parte foi contida à montante da represa para que fizessem uma limpeza ou uma filtragem das impurezas da água.

Os aguapés começaram a surgir na represa no final de 2020, quando o município contratou um estudo para apontar as causas do problema. "O estudo apontou que as principais causas são material orgânico presente na água, decorrente do lançamento irregular de esgoto e de resíduos industriais", afirmou na época o então diretor do Departamento de Meio Ambiente, Joelmar Lucas de Andrade. Foram notificadas algumas empresas e o próprio DMAE, que no início daquele ano teria despejado esgoto na represa depois que uma estação apresentou problemas.

Preocupação com o trânsito

Acompanhado do secretário de Defesa Social, Rafael Tadeu Conde Maria, o presidente da Câmara Municipal, vereador Douglas Dofu, esteve ontem na rua Santo Quirino, no Jardim Vitória, onde os moradores pedem mais segurança no trânsito. De acordo com os moradores, na referida via já aconteceram diversos acidentes e atropelamentos de animais. "O secretário Rafael esteve presente e se comprometeu ao quanto antes encontrar uma solução para que aquela via se torne uma rua mais segura para os moradores e para as pessoas que passam por ali", afirmou Dofu.

Ex-vereadora não acredita que prefeito vai acabar com as charretes

A ex-vereadora Maria Cecília Opipari, Ciça, afirmou que em abril de 2019, ela e mais quatro vereadores apresentaram um anteprojeto de lei de extinção da tração animal no município. "Hoje tem um estatuto engavetado na mesa do prefeito, junto com um anteprojeto de lei que foi encaminhado para que se pudesse fazer uma copilação de todas as legislações de defesa e proteção dos animais, que antes estavam todas soltas", informou. Para realizar este anteprojeto, Ciça lembrou que foram quase dois anos de discussão. "Fizemos este anteprojeto, encaminhamos e não tivemos mais resposta", lamentou.

Para Ciça, um ponto positivo que o Sérgio Azevedo conseguiu em sua administração foi a criação do Conselho de Defesa e Proteção dos Animais. "Nós temos hoje um conselho em que a população pode participar. Existem pessoas de associações e entidades que estão lá", informou. Ciça, no entanto, acredita que o prefeito não vai dar conta de acabar com a tração animal agora, porque "vai criar uma situação de desconforto".

   EM OFF   

* Café com política. Ontem foi dia de colocar a conversa em dia com os amigos Geraldo Thadeu, Waldemar Lemes, Silvio José Ferreira e Diva Funchal, em muma das mesas da Café do Silvinho, saboreando um delicioso Café Caldense, acompanhado de pão de queijo Xodó de Minas e dos bolinhos de chuva, de sabor inigualável, preparado pelo pessoal da cozinha da cafeteria, lanchonete e restaurante.

silvgt

* Segundo o que informou o ex-deputado Geraldo Thadeu, os nomes com os novos integrantes da Comissão Executiva do PSD em Poços de Caldas já foram encaminhados para Brasília e devem ser oficializados pelo TSE nos próximos dias. Sobre lançamento de candidaturas na eleição de outubro, ainda não existe nenhuma definição e a legenda poderá sim, integrar alguma coligação com outros partidos. A próxima reunião, segundo Diva Funchal, será com o deputado estadual Rodrigo Lopes, do União Brasil, ex-assessor do senador Rodrigo Pacheco.

* Com muita razão, nosso leitor Marcelo Norberto está chamando a atenção do governo municipal para os aguapés que voltaram a tomar conta de boa parte das águas na Represa Bortolan, oferecendo um espetáculo nada agradável para os turistas, além de atrapalhar passeios de barco e pedalinhos pela represa. À exemplo de anos anteriores, é preciso iniciar a retirada antes que os aguapés cubram totalmente a represa.

* Passando o carnaval, segundo informações da secretaria de Defesa Social, o Departamento Municipal de Trânsito dará início ao projeto de reformulação do trânsito da área central, principalmente na Rua Junqueiras que, segundo estudos, terá mão única no sentido do centro da cidade, além da eliminação dos semáforos ao longo da Avenida João Pinheiro, desde a ponte do cemitério, até a rua Assis.

* Sem dúvida, uma alteração até certo ponto radical. Em todo caso, como as alterações foram feitas mediante levantamento do fluxo de veículos, vamos aguardar para saber se a administração municipal terá sucesso em mais este desafio. Ontem, falando sobre o assunto, um ex-diretor do setor de trânsito na cidade afirmou que esse estudo já foi feito no passado, mas não foi colocado em prática porque a mudança é inviável.

* Dois pontos levantados que poderiam impedir o sucesso da mudança seriam, primeiro o afunilamento na rua Junqueiras na praça defronte à Câmara e o segundo ponto seria o aumento do fluxo na Praça Pedro Sanches, em direção a Avenida Francisco Salles uma vez que a Rua Junqueiras ficaria sobrecarregada com os veículos que descem pelas ruas Paraná e Regente Feijó que estariam proibidos de virar à esquerda e terão que seguir obrigatoriamente em direção ao centro para depois virar à esquerda e fazer a conversão na praça em direção a Av. Francisco Salles. Em todo caso, como as iniciativas teimosas do prefeito Sérgio vem dando certo, vai que...

* Falando nisso, vendedores ambulantes estabelecidos na área central, um deles na esquina da Rua Prefeito Chagas com a Praça Pedro Sanches, se mostravam preocupados ontem com a determinação de ser obrigado a abandonar o local onde ganha o pão de cada dia já fazem mais de sessenta anos. Se realmente for obrigado a abandonar o posto quer saber do prefeito como é que continuará garantindo o sustento da sua família.

* Sobre a formação da chapa de candidatos à vereança para concorrer à eleição de outubro, o presidente do diretório local, Nilton Junqueira, informa que está sim, à frente deste trabalho e que apenas solicitou ajuda para concluir a tarefa ao seu colega, secretário de governo Paulo Ney de Castro Júnior.

* Segundo João Gabriel Pinheiro Chagas, presidente do PSB em Poços, na semana passada, durante a reunião com representantes de vários partidos, interessados na formação de uma frente ampla de oposição, o professor Cleiton, deputado estadual pelo PV, sugeriu que a coligação não seja formada apenas por legendas de esquerda, mas também de centro, como ocorre hoje no governo federal.

* João Gabriel aproveitou também para informar que já foram realizadas inúmeras reuniões com o vereador Diney, ex-prefeito Paulo Tadeu e Tiago Mafra, além de outros representantes do Partido dos Trabalhadores (PT) e que o relacionamento entre a legenda e o PSB permanece focado na composição de uma chapa para disputa das eleições municipais de 2024.

* Sobre a pré-candidatura de Eloisio, ele disse que o ex-prefeito apenas colocou seu nome à disposição do grupo, mas que isso não impede o surgimento de outros nomes que também manifestem o desejo de concorrer ao comando do executivo. “O objetivo do grupo de partidos de oposição é justamente criar um consenso para uma chapa única. Neste momento, o que o Eloisio fez foi apenas colocar seu nome à disposição do grupo, da mesma forma que o PT e outros partidos do grupo também têm seus nomes para apreciação”, disse João Gabriel ao blog.

* A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo estima que o Carnaval 2024 movimente R$ 9 bilhões no país, sendo que Minas Gerais deve faturar R$ 5,3 bilhões.

* As inscrições para o Programa Universidade para Todos encerram-se hoje. Ao total, o Ministério da Educação vai oferecer 406.428 bolsas, sendo 308.977 integrais e 97.451 parciais que serão distribuídas em 15.482 cursos de 1.028 instituições de ensino. As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo Portal Único de Acesso ao Ensino Superior.