WhatsApp Image 2022 07 01 at 16.21.23

Dra. Regina: Varíola dos Macacos artaca principalmente pessoas mais debilitadas

Assim como ocorreu em Poços de Caldas e Pouso Alegre, a vizinha cidade de Andradas também confirmou seu primeiro caso positivo de varíola dos macacos. Segundo a prefeitura de Andradas, o paciente é um homem que teve contato com uma pessoa que esteve em outra região, onde já havia sido confirmação da doença.

Na semana passada os vereadores Douglas Dofu e Silvio de Assis tiveram aprovado, na Câmara Municipal, requerimento em que pedem informações ao executivo em relação aos procedimentos a serem adotados pelo município para conter a Varíola dos Macacos. O vereador Lucas Arruda também apresentou requerimento com o mesmo teor.

"Graças a Deus não chegou da mesma forma que a Covid-19, mas pessoas imunodeprimidas, idosos e crianças se adquirirem o vírus terão consequências trágicas, porque ele é bem violento", disse a vereadora Regina Cioffi ao solicitar assinatura no mesmo requerimento junto aos companheiros de Câmara.

Importância da divulgação

O vereador líder da bancada do governo municipal, Flávio Togni de Lima e Silva, parabenizou os autores do requerimento e destacou a importância de se fazer uma grande divulgação da forma de se evitar o vírus e, principalmente, para toda vez que se falar da Varíola dos Macacos tirar o estigma, que foi colocado deste o começo, e que vimos acontecer há anos com a Aids.

Leilão está mantido

O Desembargador Carlos Augusto Pires Brandão, do Tribunal Federal da 1ª Região em Brasília, concedeu efeito suspensivo ao Estado de Minas Gerais autorizando o leilão do trecho da BR 459 entre Poços de Caldas a Itajubá.

Na última quarta-feira o Ministério Público Federal havia suspendido este lote do leilão e agora, com a nova decisão, está mantido o leilão, como parte do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo de Minas. A entrega de envelopes das empresas interessadas será nesta segunda-feira, das 10h às 14h, na sede da B3, em São Paulo.

Utilização irregular

O presidente do Conselho Municipal de Cultura da cidade da cidade de Bauru, no interior paulista, Paulo Maia, divulgou nas redes sociais que a Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara Municipal daquela cidade investigou a denúncia de utilização irregular de um ônibus da Secretaria Municipal de Educação para uma viagem de turismo a Poços de Caldas.

Após a investigação a comissão decidiu suspender a concessão do transporte para viagens realizadas por projetos de outras secretarias. A viagem a Poços seria para a apresentação de um espetáculo do grupo bauruense, porém a apresentação não teria ocorrido.

Início da campanha eleitoral

Nesta terça-feira, dia 16 de agosto, Rodrigo Lopes, do União Brasil, dará início à campanha eleitoral em Andradas, como candidato a deputado estadual, na cidade onde tudo começou.

A agenda do dia começa no centro da cidade, onde passará pelo comércio e conversar e será encerrada no Campestrinho, onde Rodrigo Lopes passou a infância.

Lideranças locais e regionais, dentre elas, apoiadores de Poços de Caldas estão sendo convidadas para prestigiar o evento.

   CURTAS   

* O Tribunal de Contas da União (TCU) entregou nesta quarta-feira ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma lista com os nomes de 6.804 gestores e ex-gestores que tiveram as contas julgadas irregulares pela Corte nos últimos oito anos. A entrega foi feita pelo ministro Bruno Dantas, atual presidente do TCU, para o presidente do TSE, Edson Fachin, em reunião na sede do TSE, em Brasília. Segundo notícia divulgada no Portal G1, Sul de Minas, um dos candidatos a deputado federal, com domicílio em Poços de Caldas, tem o nome citado nesta lista.

* Durante a participação deste jornalista como entrevistado no programa do amigo Promotor, Dr. Glaucir, na Rádio Estúdio FM, um ouvinte perguntou se é possível a transferência de prestígio, se referindo, naturalmente, as eleições de outubro e o apoio do prefeito Sérgio Azevedo para o seu candidato a deputado federal, Celso Donato.

* Respondi que sim, desde que o chefe do executivo conte com boa aprovação junto aos eleitores e como exemplos temos o primeiro governo de Sebastião Navarro, que elegeu seu sucessor Luiz Antonio Batista para na eleição seguinte, o próprio prefeito, com ajuda do Mosconi e Navarro eleger Geraldo Thadeu, até então, um desconhecido na política local.

* Outro exemplo foi na segunda gestão, quando Sebastião Navarro elegeu como seu sucessor, Paulinho Courominas, que era o vice. Portanto, é possível sim, que tendo o prefeito Sérgio Azevedo, o candidato Celso Donato seja o campeão de votos em Poços de Caldas, o que não significa, obrigatoriamente, que será eleito, mas sem dúvida, é um diferencial em comparação com os adversários.

* E por falar em eleições, nesta terça-feira, dia 16, será dada a largada da campanha eleitoral oficialmente. Candidatos poderão pedir votos de forma explícita, divulgar o número usado nas urnas e distribuir panfletos aos eleitores. O período eleitoral se estenderá até 2 de outubro e 30 do mesmo mês, caso haja segundo turno. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o prazo para registro das candidaturas, planos de governo e declarações de patrimônio se encerra nesta segunda.

* Dada a largada para a campanha, dentro de alguns dias terão início também as sondagens por meio dos trackinks eleitorais, as pesquisas diárias de intenção de votos realizadas por partidos e pelos próprios candidatos, não com o intuito de divulgação, mas sim para monitoramento interno. Esses levantamentos servem para direcionar o trabalho do candidato e no âmbito municipal avaliar como está a campanha e o grau de conhecimento dos eleitores sobre o seu nome.

* Além disso estarão sendo abertos os comitês de campanha e a contratação de cabos eleitorais para percorrer os bairros e o centro da cidade carregando bandeiras e distribuindo os famosos “santinhos”, dos candidatos, assim como a propaganda por meio de carro de som. A propaganda por meio de outdoor analógicos ou eletrônicos continua proibida. Está autorizada a realização de comícios, a distribuição de panfletos e adesivos, caminhadas com apoiadores e publicações na internet.

* São vedadas, na campanha eleitoral, confecção, utilização, distribuição por comitê, candidato – ou com a sua autorização – de camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas ou quaisquer outros bens ou materiais que possam proporcionar vantagem ao eleitor. É proibido colar propaganda eleitoral em veículos, exceto adesivos microperfurados até a extensão total do parabrisa traseiro e, em outras posições, adesivos que não excedam a 0,5 m².